terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Da solitude para a solidão...

Tenho sentido falta da solitude, das noites de filme, brigadeiro, aconchego da cama, momentos só meu de prazer, momentos sem expectativas, até que chega a solidão. Me pergunto, pq isso acontece justo na hora em que eu estava me sentindo tão bem comigo mesma. De certo, pq estou com esperanças, por estar vivendo momentos inexplicáveis, como o sentir do abraço, do colo, do carinho... Momentos bons que tenho vivido em meio a essa solidão... solidão, que me traz o vazio de tanto querer o que há tempos eu não tenho e que de uma certa forma estou tendo agora... mas o que tenho é vago, é inserto, porém muito bom.
E pensando na solidão, causada por mim mesma, ainda me pergunto o que estou fazendo comigo. Será que devo deixar a solidão ficar e esperar pra ver no que vai dar, ou devo criar forças e voltar pra solitude?

O jeito é deixar fluir, deixar o vento soprar e tentar acalmar o coração...
Doce solitude, triste solidão...