quinta-feira, 28 de abril de 2011

No Silêncio


Alma quieta, tranqüila e serena
Doce sabor envolvente
Singelo e puro coração
Sem lembranças


Anseios de um momento
Leve e solto
Vagante na memória
O carinho, o alento


No som um sol
Num canto em dó
Que faz em si
A vida em mi


Elevando a sensação
Do meu corpo em movimento
Balançando de um lado a outro
Perdido em pensamento


27/04/2011

terça-feira, 19 de abril de 2011

"Vejo as coisas acontecerem em pequenas doses, sentindo o pulsar acelerado e presenciando a ansiedade da espera do futuro próximo que aos goles saboreio".



‎"céu estrelado, noite enluarada, pensamentos soltos... não sei lidar com o momento e nem com o futuro, sigo leve pelo caminho em que apenas a poesia se torna o meu rumo."

A Luz do Luar


Eu já te vi algumas vezes
Mas só agora tivemos uma chance
Foi preciso o tempo passar
E nesse outono eu te encontrar
Foi assim; você chegou
E no meu rosto não pude segurar
Um sorriso sem graça você despertou
E olhando nos seus olhos
Um segredo tentei decifrar
Eu quis sentir seu perfume
Sentir seu calor, poder te abraçar
Então você chegou
E no meu rosto não pude segurar
A noite estava linda
E nossas almas dançavam a luz do luar
O destino nos deu uma chance
E o que será daqui em diante?
Só nos resta esperar
As suas palavras de saudade
Não me saem da cabeça
E eu vou deixar meu coração aberto
Pra você chegar
Vou deixar meu coração aberto pra você entrar
Afinal, o destino nos deu uma chance
E o que será daqui em diante?
Só nos resta esperar

19/04/2011

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Amor

Nas flores que eu vejo
Nos olhares a minha volta
Na poesia que eu leio
Amor, amor alheio

Na canção que eu escuto
Amor de adulto
Na criança brincando
Ou do velho sonhando

Está por toda parte
Na casa e no trabalho
Na escola e na rua
Nas estrelas e na lua

No seu bom dia
Na sua alegria
Em todos os sorrisos
Que contagia

Está até no seu choro
Na tristeza e na dor
Em todos os sentimentos
Está o amor!
 

14/04/2011

Esperei


Contei estrelas pra ganhar seu coração
Admirei a lua esperando uma canção
Até sai pelas ruas cantando
Mas de que adiantou?
Pedi ajuda aos céus
Até carona numa nuvem eu peguei
Fui até o paraíso
Mas só anjos encontrei

Sentei, levantei e esperei
Mas sua promessa não adiantou nada
Já não quero a sua volta
Pois o meu futuro eu já encomendei

Agora ta enterrado suas promessas
Mandei queimar no fogo do inferno
Todas aquelas conversas
Pra você saber o que te espera

14/04/2011

Eterno amor


Era pra ser esse o momento
Depois de vários encontros
Só agora pudemos conversar

O sol brilhava todas as manhãs
Mas eu não tinha o seu brilho
As noites quentes não aquecia meu coração
Então você chegou e me estendeu à mão


Venha e me faça feliz
Me dê o seu amor e me abrace forte
Me beije até o sol nascer
E que os nossos corpos estejam unidos até o amanhecer

Tanto tempo longe
Só quero sentir suas mãos no meu rosto
Suas mãos na minha pele me acariciando
Nossos beijos e você me amando

Agora que você chegou
Que seja pra sempre
Eterno amor
Eterno amor
 
14/04/2011

terça-feira, 12 de abril de 2011

Um sonho


Quando chega a noite, vêm junto à solidão
Todos meus pensamentos, ficam em vão
Eu poderia estar por aí, mas não consigo
Então vou esperando e seguindo


Sonhando e pedindo por um dia azul
Onde o homem possa amar e viver como num show
Possa cantar e gritar para o mundo
Que teve um dia, um dia incomum

E todos os momentos que passar, será um show
Onde a canção é simples e sabemos a letra
Eu quero amar
Eu quero amar, e dizer num segundo
Que o dia foi lindo, como o azul do mar

Eu pude ver que tudo que pedimos com amor
Recebemos do universo uma troca de favor
Estou tentando, disfarçando a solidão
Essa noite vazia, esfria meu coração

Eu só queria que todos soubessem, que o mundo
Mesmo sendo azul, tem noites de solidão
E que os sonhos, são pedidos que fazemos
Procurando o amor e a letra certa da canção.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Sou mais São Luiz


Casinhas e Casarões 
Flores, Cores e multidões 
É em São Luiz que nascem cantores 
Artistas e artesãos 
Entre bebidas e comidas típicas 
Contam-se histórias que viram canções
De uma terra crente mais cheia de superstições

Querer


Eu quero alguém que me toque 
Eu quero alguém que me toque o coração
Alguém que vá além das emoções
Alguém que cante uma canção
De puro sentimento
Que seja um alento
Nessa infinita escuridão